Nova resolução

Prefeitura de Cachoeiro investe em alimentação saudável nas escolas

Alimentos ultraprocessados e com adição de açúcar estão entre os produtos evitados
Foto: Divulgação/PMCI

A Secretaria Municipal de Educação (Seme) de Cachoeiro de Itapemirim tem aplicado a resolução 06/2020, que dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar aos alunos da educação básica, no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

O cumprimento tem sido realizado por meio da Gerência de Alimentação Escolar e objetiva contribuir para o crescimento e o desenvolvimento biopsicossocial, a aprendizagem, o rendimento escolar e a formação de práticas alimentares saudáveis dos estudantes. A resolução visa, ainda, fomentar ações de educação alimentar e nutricional e ofertar refeições que cubram as necessidades nutricionais dos alunos durante o período letivo.

De acordo com a resolução, não são recomendados alimentos ultraprocessados e a adição de açúcar, mel e adoçante nas preparações culinárias e bebidas para as crianças até três anos de idade. A nova legislação também orienta que sejam oferecidas mais porções semanais de frutas e hortaliças e restringe a oferta de enlatados, margarinas, doces, cereais adoçados, balas, bombons, biscoitos ou bolachas recheadas, temperos com glutamato monossódico ou sais sódicos, maioneses e alimentos em pó ou para reconstituição, entre outros similares.

Para o Dia das Crianças, a ser comemorado na próxima semana, a equipe da alimentação escolar incluirá, na receita semanal, a oferta de salada de frutas, iogurte, ovos mexidos e vitamina de frutas. As unidades de ensino também estão liberadas para distribuir pipoca e cachorro-quente aos estudantes da pré-escola e do ensino fundamental, sendo opcional, a cada escola, a aquisição dos itens para oferta.

“Além de trabalhar para oferecer uma educação de qualidade para nossas crianças, nós também nos atentamos para a alimentação saudável que é recomendada para o crescimento cognitivo delas”, expressa a secretária de Educação de Cachoeiro, Cristina Lens.