Pandemia

Prefeitura de Cachoeiro já distribuiu mais de 7 mil kits de alimentos

Secretarias de Desenvolvimento Social e de Educação fazem distribuição a famílias em vulnerabilidade social
Foto: Márcia Leal/PMCI

Por meio das secretarias municipais de Educação (Seme) e de Desenvolvimento Social (Semdes), a Prefeitura de Cachoeiro já distribuiu mais de 7 mil kits de alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade social, em função da pandemia do novo coronavírus.

Desde o fim de março, a Semdes disponibiliza canais para receber solicitações de cestas de alimentos das famílias que, realmente, estão precisando desse apoio emergencial.

Inicialmente, os pedidos precisavam passar pela Ouvidoria Geral do Município, mas, desde o início deste mês, devem ser feitos por meio dos telefones dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) – ver lista abaixo.

“Até o momento, foram fornecidas 2.136 cestas, que contém arroz, farinha de trigo, açúcar, macarrão, fubá e biscoito, dentre outros itens básicos. Também distribuímos às famílias 802 kits de higiene e limpeza, que contam com cloro (indicado para desinfecção de ambientes no combate ao coronavírus), detergente, bucha, sabão em pó, além de itens de higiene pessoal”, informa a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Márcia Bezerra.

Ela lembra que as famílias que precisam do benefício devem ligar para o Cras mais próximo de suas casas para fazer a solicitação. O atendimento é feito de segunda a sexta, das 10h às 16h.

“As equipes responsáveis por receber os pedidos fazem o preenchimento do formulário de atendimento e, a partir dos dados colhidos, definem a classificação de prioridade para entrega dos produtos”, explica.

Ainda de acordo com a secretária, em outra frente, há a entrega de cesta de alimentos, incluindo produtos rurais, para as famílias cadastradas nos Cras, que rebecem o benefício, mensalmente, ao longo de todo o ano. Desde o início da pandemia, cerca de 734 cestas já foram entregues a esse grupo.

Itens da alimentação escolar na mesa de famílias de alunos

A Seme, por sua vez, faz a entrega de kits de alimentos, em escolas municipais, desde meados de abril, às famílias de alunos matriculados na rede municipal de ensino que estão inscritas no programa federal Bolsa Família, como forma de ajudá-las durante o período de suspensão das aulas.

“Já distribuímos 4.187 kits, que contam com itens como leite, açúcar, arroz, feijão, macarrão, óleo, canjiquinha e biscoito. São alimentos que seriam usados na merenda dos alunos nesse período e que estão indo para a mesa das famílias que mais precisam. É uma ajuda muito importante”, destaca a secretária municipal de Educação, Cristina Lens.