Prefeitura implantará ponto eletrônico em todas as repartições

O objetivo é aprimorar o controle de assiduidade e pontualidade dos servidores

Até o fim deste ano, todos os órgãos da administração pública municipal direta ou indireta de Cachoeiro terão registro eletrônico de ponto, com identificação biométrica, para o controle do cumprimento da jornada de trabalho dos servidores e empregados públicos. A medida foi estabelecida por meio de decreto do prefeito Victor Coelho, publicado nesta segunda-feira (27) no Diário Oficial do Município.

O objetivo é garantir mais transparência e agilidade no procedimento de controle de assiduidade e pontualidade dos empregados públicos. O controle eletrônico armazena os dados de forma sistematizada, possibilitando o acesso rápido às informações pelo servidor, chefia imediata, área de gestão de pessoas e órgãos de controle.

A Dataci, o Ipaci e a Agersa, orgãos da administração indireta, já utilizam o ponto eletrônico. O sistema também já é utilizado nas secretarias municipais de Administração (Semad), de Fazenda (Semfa), de Modernização e Análise de Custos (Semmac) e Saúde (Semus, incluindo as unidades básicas de saúde), no Gabinete do prefeito, na Procuradoria Geral do Município e na Controladoria Geral do Município. 

O processo de implantação nas demais áreas da administração municipal é feito de forma gradativa, dentro do prazo máximo de 120 dias estabelecido pelo decreto do Poder Executivo. Também estão sendo realizadas reuniões com os servidores para repasse de orientações a respeito do novo sistema.

“A implantação do controle eletrônico visa uma adequação a demandas históricas dos órgãos de regulação e fiscalização das questões trabalhistas. É a forma mais eficaz e transparente de controle da assiduidade e pontualidade dos servidores, sendo utilizado na grande maioria dos órgãos públicos municipais, estaduais e federais. Tanto os servidores quanto o município terão muito a ganhar com esse novo procedimento, e nós estamos tomando o cuidado para que a mudança seja feita com o tempo necessário para a adaptação”, destaca o secretário municipal de Administração, Ramom Gobetti.