Defesa do consumidor

Procon de Cachoeiro encerra 2022 com índice de resolutividade de quase 80% dos casos

Órgão realizou mais de 5 mil atendimentos neste ano
Foto: Márcia Leal/PMCI

Grande aliado nas mais diversas situações que envolvam a proteção e defesa dos direitos dos consumidores, o Procon de Cachoeiro realizou, ao longo deste ano, 5.113 atendimentos aos cidadãos. Do total de demandas, 4.011 foram solucionadas pelas equipes do órgão, um índice de quase 80% de resolutividade.

Entre os atendimentos mais frequentes estão, por exemplo, os de pessoas que reclamam das seguintes situações: produtos novos que apresentam defeito, cobranças abusivas, alimentos fora da validade, além de problemas com negociações financeiras e assuntos relacionados a planos de saúde.

De acordo com o coordenador executivo do Procon de Cachoeiro, Fabiano Pimentel, o alto índice de reclamações resolvidas evidencia o compromisso do órgão em defender os interesses e os direitos dos consumidores.

“O ano de 2022 foi de muitos avanços e bastante trabalho no Procon Municipal. Sempre possuímos altos índices de resoluções, o que demonstra a credibilidade da população com nosso trabalho“, destaca.

Mutirão de negociação

Neste ano, o Procon de Cachoeiro realizou o 9º mutirão de negociação de dívidas, que contou com a participação de 11 empresas.

Durante a ação, realizada em julho, quase R$ 1,2 milhão em dívidas foram negociados, por meio 276 contratos, que possibilitaram a redução de R$ 633.442,47 do valor total dos débitos. O desconto nas dívidas chegou, em alguns casos, a 98% da quantia inicial e dois consumidores conseguiram obter o perdão total.

Além das negociações, também foram realizados 1040 atendimentos de tira-dúvidas e consultas, em que servidores do Procon orientaram os presentes quanto à legislação do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

“Com relação ao mutirão de negociação, o fenômeno do superendividamento está muito presente em nossa sociedade. Por isso, iniciativas como essa e, também, o Núcleo de Combate ao Superendividamento, que inauguramos neste ano, são salutares no auxílio ao consumidor na reorganização de sua vida financeira e no resgate de sua dignidade, ao reinseri-los no mercado de consumo”, finaliza Pimentel.

Seminário de defesa do consumidor

No mês de novembro, o Procon de Cachoeiro realizou um seminário em comemoração aos 32 anos da promulgação do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Na ocasião, o procurador do Estado do Espírito Santo, Leonardo Garcia, ministrou uma palestra sobre os impactos do superendividamento na vida dos consumidores e os desafios de conscientizar os cidadãos sobre a importância do consumo consciente.

Durante o seminário, o Procon Municipal realizou o lançamento de sua edição do CDC, contendo leis federais, estaduais e municipais e outras informações pertinentes aos consumidores, que poderão contar com um exemplar atualizado no momento de consultar os seus direitos.

Para quem quer mais praticidade, o CDC do Procon de Cachoeiro também está disponível na versão digital, no site da Prefeitura (clique aqui para acessar).

Fale com o Procon

Para atendimento e esclarecimentos, os consumidores podem entrar em contato com o Procon de Cachoeiro, por meio do telefone (28) 3155-5362 ou procurar atendimento presencial, na Rua Bernardo Horta, 204, Guandu. O horário de funcionamento é das 12h às 17h.