Lei Rubem Braga

Projeto de contação de histórias leva cultura para recreio de escolas municipais

Artistas da Cia Nós de Teatro atuam em cinco escolas até o dia 27
Foto: Divulgação/PMCI

Os intervalos de recreação de cinco escolas municipais de Cachoeiro de Itapemirim estão recebendo atividades de contação de histórias da cultura popular brasileira. As ações fazem parte do projeto “De Recreio em Recreio”, da Cia Nós de Teatro, contemplado em edital da Lei Rubem Braga.

Voltado para os estudantes de 1º ao 3º ano do ensino fundamental, o projeto começou nesta semana, e já percorreu as escolas “Professor David Alberto Lóss” (Coramara), “Luiz Pinheiro” (Coronel Borges) e “Maria das Dores Pinheiro Amaral” (Elpídio Volpini). Até o próximo dia 27, as atividades serão realizadas também nas unidades “Maria Stael de Medeiros Teixeira” (Village da Luz) e “Luiz Marques Pinto” (Boa Vista).

Além da contação de histórias, realizada pelos artistas Brenda Perim e Marco Antônio Reis com a utilização de fantoches e apetrechos, os estudantes também recebem livretos ilustrados com lendas do folclore brasileiro e caça-palavras.

“Tem sido uma experiência muito boa. Nossa intenção é despertar o interesse dos meninos e meninas pelas histórias do folclore brasileiro, especialmente, as histórias menos conhecidas. As crianças se mostram muito interessadas, curiosas e participativas, pois é uma ação que quebra a rotina e chama a atenção delas”, comenta Brenda Perim.

“Iniciamos o ano letivo com muita animação nas nossas unidades de ensino, disseminando a cultura popular brasileira nos momentos de recreio através da realização do projeto. Entendemos que a parceria com os artistas locais para a realização de projetos como esse é de extrema importância para a aprendizagem de nossos estudantes”, ressalta a secretária municipal de Educação, Cristina Lens.

“A associação das ações culturais com a educação é o que de mais positivo pode acontecer para o desenvolvimento de nossas crianças em todos os aspectos”, completa a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.