Até 18 de novembro

Rematrícula de alunos da rede municipal de ensino já pode ser solicitada

Procedimento pode ser realizado pela internet, por meio do Portal do Aluno

Foi aberto, nesta quarta-feira (9), o período de rematrícula na rede municipal de educação de Cachoeiro de Itapemirim para o ano letivo de 2023.

Os responsáveis por estudantes devem realizar o pedido no Portal do Aluno (prefeitura.cachoeiro.es.gov.br/educaci/portalaluno). O prazo limite, que, inicialmente, terminaria no próximo dia 16, foi estendido em dois dias, até 18 de novembro, devido a instabilidades no sistema ao longo desta quarta.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, embora o procedimento on-line reserve a vaga do aluno na escola em que ele já estuda, os responsáveis deverão comparecer à unidade, no período de 17 a 23 de novembro, para atualizar os dados cadastrais do estudante e entregar os documentos necessários, efetivando, assim, a rematrícula.

Na secretaria da escola, serão solicitadas cópias atualizadas de: cartão de vacina, CPF dos pais ou responsáveis e do estudante, comprovante de residência (conta de energia). O atendimento acontecerá  das 7h às 17h.

A família que não desejar realizar a rematrícula deverá preencher a declaração de desistência da vaga, esclarecendo o não interesse de que o estudante permaneça na unidade de ensino atual, conforme portaria – a ser divulgada no Diário Oficial do Município – que regulamenta o processo da rede municipal de ensino.

Matrículas novas

O período de rematrículas abre o processo de preenchimento de vagas na rede municipal de educação para o ano letivo de 2023. Em seguida, terá início a fase de matrículas novas, para alunos de outras redes que queiram ingressar em escolas municipais.

Também será possível fazer a solicitação de matrículas novas pelo Portal do Aluno, no período de 17 a 23 de novembro. Depois, entre os dias 6 e 16 de dezembro, os pais deverão procurar as secretarias das unidades escolares escolhidas para a efetivação da matrícula.

Para isso, será necessário apresentar a declaração escolar da última unidade em que o aluno estudava, contendo a série a ser cursada em 2022. Além disso, também terão de ser entregues cópias atualizadas de: certidão de nascimento, comprovante de escolaridade histórico escolar ou declaração da Unidade de Ensino de origem, exceto para os interessados nas vagas de Maternal I, II, III e IV, ou seja, para alunos de 0 a 3 anos; Cartão de vacinação atualizado, acompanhado de declaração expedida pela Unidade de Saúde; Laudo médico atualizado, para estudantes com deficiência, salvo quando houver laudo definitivo; Comprovante de residência atualizado (somente conta de energia); CPF do pai, mãe ou responsável legal; CPF da criança ou estudante; Cartão do SUS; Registro individual das aprendizagens do estudante (somente para efetivação de matrícula no Maternal II, Maternal III, Maternal IV, Pré I, Pré II, 1º ano, 2º ano e 3º ano).