Ruas do bairro Gilson Carone vão receber melhorias

Para melhorar a infraestrutura e dar mais condições de mobilidade, as ruas Abel Santana e Elian Costa, no bairro Gilson Carone, vão receber um pacote de obras da prefeitura de Cachoeiro. As duas vias serão drenadas e pavimentadas, num total de 1,2 quilômetro de extensão.

Além disso, um muro de contenção de 40 metros de comprimento será construído na rua Elian Costa. O contrato também prevê a construção de escadaria, o que vai facilitar a locomoção de moradores.

As obras foram escolhidas pela população via Orçamento Participativo, e os recursos são provenientes dos royalties do petróleo. A assinatura da ordem de serviço será às 18h30 desta terça-feira (24), próximo ao local das obras.

“São serviços importantes para quem vive naquela região, visto que as ruas são estratégicas na interligação com o bairro vizinho, o Coramara”, destaca o secretário de Obras Gilvandro Gava.

Outras obras receberam ordem de serviço nos últimos dias

Duas supercreches em Cachoeiro de Itapemirim já tiveram ordem de serviço assinadas nos últimos dias: uma no bairro São Lucas e outra no Village da Luz. As obras são executadas via convênio da prefeitura com o Programa ProInfância, do Ministério da Educação (MEC). A terceira supercreche prevista para o município será no bairro Boa Vista (próximo ao Aeroporto), que está com terreno em fase de desapropriação.

A estrutura será a mesma em cada um desses bairros. A obra terá 1,2 mil metros quadrados de área construída e poderá atender até 240 alunos de 0 a 5 anos (creche e pré-escola). Com as três concluídas, executadas de acordo com modelo padrão do governo federal, poderão ser atendidas cerca de 720 crianças.

E a rua Coronel Francisco Athayde, bairro Coronel Borges, vai ficar mais espaçosa e segura. Depois muitos anos sofrendo estreitamento devido ao desmoronamento da encosta a ponto de colocar alguns imóveis em risco, a via será recuperada. No local, será construído muro de arrimo. A ordem de serviço também foi assinada na semana passada. A obra, que foi escolhida pelos moradores via Orçamento Participativo, será realizada com recursos próprios do município.