R$ 85 milhões

Secretaria de Obras apresenta investimentos com recursos de operação de crédito

Uma das obras em andamento é a contenção com geocomposto na rua Jerônimo Ribeiro, no Amarelo
Foto: Divulgação/PMCI

Nesta terça-feira (22), a Secretaria de Obras de Cachoeiro (Semo) apresentou, em sessão da Câmara Municipal, os investimentos em infraestrutura que estão sendo feitos com recursos captados pela Prefeitura junto ao Banco do Brasil.

Dos R$ 85 milhões da operação de crédito contratada, o município já recebeu cerca de R$ 40 milhões, de acordo com o secretário municipal de Obras, Delandi Macedo.

Valores dessa primeira parcela já foram usados para conclusão das obras de urbanização – como drenagem, pavimentação, contenção e escadarias – nos bairros Campo Leopoldina, Aeroporto, São Lucas e Coramara (loteamento Áurea Bispo Depes), além das reformas da Praça de Conduru e da quadra do bairro Caiçara.

Dezessete obras em andamento no município também contam com esses recursos. As maiores são: a construção do centro de eventos no Parque de Exposição, o Parque Urbano da Ilha da Luz e a contenção com geocomposto no bairro Amarelo.

Em cinco bairros e um distrito, são conduzidas obras de urbanização – Gilson Carone, Rubem Braga, Rui Pinto Bandeira, Maria Ortiz, Vila Rica e Córrego dos Monos.

Na área da saúde, os recursos são aplicados na construção da Unidade Básica (UBS) do Zumbi. Na área de assistência social, na construção do novo Banco de Alimentos e do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Alto Independência. Na área de esporte e lazer, no Centro de Treinamento de Lutas, no campo society de Conduru e na quadra de Salgadinho (Soturno). Na área de segurança, na construção do Centro de Operações da Guarda Civil Municipal, na Ilha da Luz.

Ainda dentro da parcela de R$ 40 milhões estão reservados recursos para reforma das Unidades Básicas de Saúde do bairro Alto União e distrito de Coutinho e para construção de escadaria no Coramara – obras a serem licitadas. A verba ainda viabilizou a elaboração de estudos e projetos técnicos para obras.

“Os recursos da operação de crédito são usados para custear a contrapartida municipal nas obras conveniadas ou que contam com recursos de emenda parlamentar”, explicou o secretário.

Obras de urbanização estão avançando no bairro Gilson Carone, onde diversas ruas já receberam pavimentação

Segunda etapa

De acordo com o secretário municipal de Obras, Delandi Macedo, a segunda parte dos recursos da operação de crédito, a ser recebida em 2023, será aplicada integralmente em obras de pavimentação, drenagem, sinalização e construção de calçadas em mais de 80 ruas do município. A licitação está em andamento e as intervenções estão orçadas R$ 46 milhões.

As melhorias vão abranger vias dos bairros Agostinho Simonato, Bom Pastor, Gilson Carone, Rubem Braga, São Francisco de Assis, Village da Luz, Rui Pinto Bandeira (Morro do Cigano) e do distrito de Itaoca.

“Esses recursos da operação de crédito estão sendo bem aplicados e ajudando a transformar a realidade em várias regiões de Cachoeiro, garantindo mais qualidade de vida e dignidade para a população. E isso é apenas uma parte dos investimentos que estamos fazendo em infraestrutura no município, com recursos próprios, estaduais e federais. Seguimos trabalhando para fazer ainda mais: temos uma carteira de projetos de mais de R$ 400 milhões para futuras obras”, afirmou Delandi.