Cuidados e vacinação

Secretaria de Saúde orienta sobre aumento nos casos de síndromes gripais

Vacinação é importante, sobretudo para idosos e outras pessoas de grupos de risco
Foto: Márcia Leal/PMCI

Durante o outono, estação do ano em que é comum ocorrer mudanças bruscas de temperatura, o número de casos de doenças, como gripes e resfriados, tende a aumentar em todo o país.

Até a última terça-feira (17), o Pronto Atendimento do Centro de Saúde “Paulo Pereira Gomes” (PPG), em Cachoeiro, registrou 612 atendimentos a pacientes com sintomas de síndromes gripais. O número já está próximo do registrado durante todo o mês de abril – 641 notificações.

Devido a isso, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) divulgou algumas orientações para que a população se proteja contra essas doenças.

De acordo com a pasta, o período exige um maior cuidado com os grupos etários mais vulneráveis, como idosos e crianças. É essencial beber bastante água, higienizar as mãos com frequência e permanecer agasalhado quando em exposição ao frio. Além disso, também é importante evitar, quando possível, locais fechados e com grande circulação de pessoas.

Em caso de manifestação de sinais dessas doenças, a Semus orienta que os pacientes com sintomas leves, como coriza, garganta irritada ou febre baixa, procurem atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) mais próximas de suas residências, de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h.

Para casos mais graves, como febre alta e dificuldade para respirar, a orientação é se dirigir aos pronto atendimentos, como a UPA 24h (Marbrasa) e o PPG, que são as referências nesses casos.

“É importante que os pacientes se atentem à gravidade dos sintomas. Em casos de baixa complexidade, a orientação é buscar atendimento em uma das Unidades Básicas de Saúde do município, para evitar a sobrecarga das unidades de pronto atendimento, que prestam serviços de urgência e emergência”, ressalta o secretário de Saúde de Cachoeiro, Alex Wingler.

Além disso, outra orientação importante é buscar o imunizante contra a gripe (influenza), o que pode ser feito nas UBS do município com salas de vacinação e na Policlínica Municipal Bolívar de Abreu (Centro de Saúde), das 8h às 15h. Uma dica é ficar atento aos mutirões e pontos de vacinação itinerantes, que são divulgados com antecedência no site da Prefeitura (www.cachoeiro.es.gov.br) e em suas redes sociais. 

A vacina contra gripe, atualmente, é destinada para: idosos com 60 anos ou mais; crianças de 6 meses a menores de 5 anos; gestantes e puérperas; povos indígenas; professores; pessoas com deficiência permanentes; pessoas com comorbidades; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário; membros das forças de segurança, salvamento e armadas; trabalhadores portuários.

“A vacina contra gripe auxilia na redução de complicações das doenças nos grupos mais vulneráveis. Os idosos, em especial, possuem o sistema imunológico mais fragilizado, o que contribui para o agravamento da doença em alguns casos”, completa o secretário.

Unidades com sala de vacinação

UBS Aquidaban

UBS Aeroporto

UBS IBC

UBS Novo Parque

UBS Abelardo Machado

UBS Gilson Carone

UBS Village da Luz

UBS Amaral

UBS Alto União

UBS São Luiz Gonzaga

UBS BNH de Baixo

UBS BNH de Cima

UBS Zumbi

UBS Paraíso

UBS Coramara

UBS Nossa Senhora Aparecida

UBS Elpídio Volpini

UBS Otton Marins

Interior

UBS Soturno

UBS Burarama

UBS Pacotuba

UBS Córrego dos Monos

UBS Itaoca

UBS Conduru