Obrigatório

Secretaria de Saúde reforça importância da máscara para combate ao coronavírus

Máscara cria barreira de proteção ao impedir disseminação de gotículas expelidas por nariz e boca
Foto: Divulgação/PMCI

A utilização de máscara de proteção em áreas públicas e estabelecimentos de Cachoeiro se tornou obrigatória com a publicação do decreto nº 29.414, como forma de combate à disseminação do novo coronavírus. Tendo isso em vista, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) reforça a importância da população aderir à medida.

Pesquisas apontam que a utilização de máscara caseira impede a disseminação de gotículas expelidas do nariz ou da boca do usuário no ambiente, garantindo uma barreira física ao vírus causador da covid-19. Para que essa barreira seja eficaz, é necessário que a máscara tenha duas camadas – confira orientações sobre fabricação caseira.

Cachoeiro tinha, até segunda-feira (27), oito casos confirmados de covid-19, todos eles curados. Entretanto, mais três casos foram confirmados no município, nestas terça (28) e quarta-feira (29), o que acende um alerta a respeito da propagação do vírus na cidade.

“Não podemos agir como se a Covid-19 fosse uma questão superada, ainda mais diante da explosão de casos no Brasil. Apesar de a maior parte da população cachoeirense ter aderido ao uso da máscara, ainda conseguimos identificar muita gente ignorando essa regra básica. Quem age dessa maneira contribui para a disseminação do coronavírus e ainda está sujeito à responsabilização penal, por descumprir uma determinação legal”, afirma a secretária municipal de Saúde, Luciara Botelho.