Orientações

Secretaria de Saúde alerta sobre cuidados para quem viajou no fim do ano

Unidades Básicas de Saúde e PPG são referência para atendimento a casos de Covid-19
Foto: Márcia Leal/PMCI

Mesmo com a pandemia, muita gente aproveitou o feriado do fim do ano para viajar, gerando preocupação para as autoridades sanitárias a respeito do aumento na transmissão do novo coronavírus. Diante disso, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Cachoeiro alerta sobre os cuidados a serem tomados por quem acabou de voltar de viagem.

Se possível, os viajantes devem cumprir um período de isolamento de, pelo menos, 7 dias, logo após retornarem. Mesmo quem já testou positivo para coronavírus, anteriormente, deve se precaver, tendo em vista os casos de reinfecção e a identificação de uma nova variante do vírus em alguns países, inclusive no Brasil.

Caso seja necessário voltar ao trabalho presencial, é fundamental utilizar máscara o tempo todo, higienizar bem as mãos, manter distanciamento mínimo dos colegas e deixar o ambiente bem arejado.

Em casa, é muito importante se manter afastado dos demais familiares, sobretudo, daqueles que fazem parte de grupos de risco. Também não é recomendado visitar familiares que moram em outras residências.

É preciso ficar bastante atento a possíveis sintomas, como tosse, sinusite, dor de garganta, dor de cabeça, febre e perda do olfato e do paladar. Se apresentar os sintomas, é imprescindível fazer o isolamento social e procurar auxílio de saúde.

Na rede pública de Cachoeiro, os primeiros atendimentos de casos suspeitos de Covid-19 acontecem nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) que, inclusive, estão equipadas para coleta com swab, quando há indicação para a realização do teste. O Centro de Saúde Paulo Pereira Gomes (PPG), no bairro Baiminas, também foi direcionado para o atendimento a esses casos e pode ser acionado pelos telefones (28) 3518-4396 e 4133.

“Entendemos que a população está cansada do isolamento e muitos optaram por viajar. Mas é importante lembrar que ainda estamos longe de vencer essa pandemia e os serviços de saúde já estão operando no limite. É preciso que cada um faça a sua parte para que possamos vencer essa batalha”, comenta a secretária municipal de Saúde interina, Alexandra da Penha Araújo Cruz.