Isolamento social

Semesp lança canal de vídeos on-line para incentivar atividades físicas em casa

As aulas on-line são uma alternativa às atividades em grupo, nesse período de isolamento social
Foto: Márcia Leal/PMCI

Na sexta-feira (15), a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Cachoeiro (Semesp) lançará oficialmente, às 18h, com uma aula de zumba ao vivo, o seu canal de vídeos na internet. Aulas de treino funcional e ginástica, ministradas pelos instrutores da secretaria, também serão veiculadas, regularmente, por meio da ferramenta.

Para assistir à live e às aulas que serão postadas semanalmente, basta acessar o canal Nosso Esporte Cachoeiro no Youtube. As aulas on-line são uma alternativa para os praticantes de atividade física se exercitarem nesses dias em que se recomenda o isolamento social.

Em razão da pandemia do novo coronavírus, foi decretada, em Cachoeiro, a suspensão das aulas nos núcleos esportivos do projeto Nosso Esporte Cachoeiro e o fechamento de todos os espaços públicos de esporte e lazer de Cachoeiro, inclusive, os espaços dos projetos Viva Mais (academias ao ar livre) e Lazer para Todos (playgrounds), além de campos, quadras e ginásios, até o dia 31 deste mês.

“Os profissionais do programa Nosso Esporte Cachoeiro estão à disposição de seus alunos, mas, por enquanto, os encontros precisam ser de forma virtual. Os exercícios em casa são uma alternativa recomendada neste momento, uma opção para continuar a cuidar da saúde física e mental. Vamos fazer essa live e continuar com os vídeos semanalmente”, comenta a secretária municipal de Esporte e Lazer, Lilian Siqueira.

Na última sexta-feira (8), a Semesp realizou uma live experimental, com três professores de zumba. De acordo com um dos instrutores da Semesp, Rodolfo Blunck, a aula on-line serve como auxílio para os participantes do projeto continuarem a fazer uma atividade, mesmo em casa. “As modalidades escolhidas, além de auxiliarem no emagrecimento e no fortalecimento muscular, não necessitam de aparelhos para sua realização, ou seja, podem ser feitas em casa, de forma simples”, explica.

Outra opção, já utilizada pelos professores, foi o envio de vídeos com dicas de exercícios e auxílio na maneira correta de execução aos alunos do projeto, por meio de grupos do WhatsApp.