Qualificação

Servidores de centros culturais participam de capacitação sobre atendimento ao turista

Treinamento é realizado na Sala Levino Fanzeres e segue até sexta (20)
Foto: Divulgação/PMCI

Nesta semana, servidores que atuam nos centros culturais de Cachoeiro de Itapemirim participam de um treinamento com foco na melhoria do atendimento aos turistas que visitam o município.

A capacitação é voltada aos profissionais que trabalham no Museu Ferroviário Domingos Lage, na Casa de Cultura Roberto Carlos, na Casa dos Braga, na Biblioteca Municipal Major Walter dos Santos, na Biblioteca Roney Argeu Moraes (da Estação Cidadania – Cultura), na Biblioteca Professor José de Barros Silva (Itaoca) e no Arquivo Público Municipal de Cultura – Sala Evandro Moreira (Palácio Bernardino Monteiro).

O objetivo da atividade é apresentar aos participantes ferramentas pedagógicas, para melhorar a experiência do turista que visita os centros culturais da cidade. Mas, para além de instruções de como receber bem os visitantes, o treinamento contribuirá para a formação de multiplicadores de educação patrimonial, que atuem em favor do reconhecimento, da proteção e da promoção do patrimônio cultural do município.

Realizada pela Subsecretaria Municipal de Turismo, seguindo os protocolos sanitários para prevenção da Covid-19, a capacitação começou na terça-feira (17) e seguirá até esta sexta (20), com atividades na Sala Levino Fanzeres, localizada no Palácio Bernardino Monteiro.

Ao longo do treinamento, serão abordados temas como: Turismo Receptivo, Autoconhecimento e Qualidade em Atendimento, Turismo e Cidadania, Educação Patrimonial, Patrimônio Histórico–Cultural e Atendimento de Excelência para turista com deficiência ou mobilidade reduzida.

“O treinamento é de extrema importância, porque desperta, em cada servidor, a ideia de que nós somos anfitriões do nosso município. A Casa de Cultura Roberto Carlos, como um dos espaços mais visitados, muitas vezes, é o primeiro lugar que os turistas procuram, e precisamos estar bem preparados para recebê-los e apontar outras frentes turísticas de Cachoeiro”, avalia o coordenador da Casa do Rei, Gilver Wichello.

“Entender o potencial turístico da nossa cidade é fundamental, quando somos nós os responsáveis por apresentar, ao turista e ao próprio munícipe, o que a Capital Secreta tem de mais especial. Esse treinamento oportuniza aos nossos atendentes um olhar técnico e, ao mesmo tempo, mais afetuoso”, disse Thatiane Cardoso, coordenadora da Casa dos Braga.

O secretário de Cultura e Turismo em exercício, Lucimar Costa, destaca que o treinamento faz parte de um conjunto de ações alinhadas ao movimento de retomada gradual das atividades do turismo capixaba. “Com a chegada do verão, aumenta o turismo no litoral sul-capixaba. Esses turistas também passam por Cachoeiro e usufruem de nossos centros culturais. A capacitação nos ajuda a recebê-los, a cada vez, melhor”, afirma Lucimar, acrescentando que os espaços culturais do município adotam todas as medidas preventivas relativas ao novo coronavírus que foram estabelecidas para essas atividades.