Cidade Empreendedora

Servidores participarão de capacitação para aprimorar Sala do Empreendedor

Em função do curso, Sala do Empreendedor manterá apenas atendimentos da Secretaria de Meio Ambiente na segunda-feira (8)
Foto: Márcia Leal/PMCI

Servidores de diversas secretarias e autarquias da administração municipal de Cachoeiro participarão, na próxima segunda-feira (8), de mais uma capacitação do programa Cidade Empreendedora. O evento será realizado no auditório da Associação Comercial, Industrial e de Serviços (Acisci), no Guandu, das 9h às 15h.

Nesta etapa, serão abordados assuntos como consultoria, organização de fluxos e processos da Sala do Empreendedor. Gerenciamento e funcionamento do local, sua reestruturação, organograma e mapa funcional do espaço também estão entre os temas a serem tratados.

Em função da participação de servidores da Sala do Empreendedor no curso, o espaço manterá, na segunda-feira, apenas os atendimentos que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) presta no local, das 12h às 18h.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Francisco Montovanelli, destaca que a capacitação faz parte das ações planejadas pelo programa Cidade Empreendedora para uma nova forma de atuação da Sala. O foco é integrar, no mesmo espaço, serviços para todos os portes de empresa; criar e estruturar novos serviços digitais e de inovação; qualificar a equipe para executar um trabalho mais criativo, incluindo parcerias e uma programação estruturada de funcionamento, com projetos anuais.

“A Sala do Empreendedor será fortalecida como facilitadora em processos de abertura, regularização e alteração de empresas, no apoio ao microempreendedor e no incentivo à formalização de pequenos negócios. Os temas abordados, durante a capacitação, são necessários para que seja possível realizar as melhorias no local, com intuito de atender e ajudar, cada vez mais, empresas e empreendedores”, explica Montovanelli.

Cidade Empreendedora

O programa Cidade Empreendedora apresenta um conjunto de medidas concretas para melhorar o ambiente de negócios no município, com redução da burocracia para os empreendedores e incentivos ao empreendedorismo, à inovação e à geração de emprego e renda.

O plano das ações a serem desenvolvidas foi elaborado e proposto pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Ele apresenta soluções para melhorias necessárias em aspectos identificados a partir de um amplo diagnóstico municipal, que avaliou mais de 200 quesitos, em dimensões como governança; programas e projetos; regulamentações e legislação; processos, e recursos e infraestrutura.

As ações serão realizadas dentro de nove eixos: Gestão Pública Empreendedora; Desburocratização; Compras Governamentais; Inovação; Inclusão Produtiva; Liderança e Território; Educação Empreendedora; Sala do Empreendedor e Projetos Especiais.