Emergência cultural

Terceira e última webconferência sobre Lei Aldir Blanc será realizada neste sábado (11)

Último encontro pela internet será focado no auxílio a espaços culturais
Foto: Márcia Leal/PMCI

A 3ª Webconferência Municipal sobre a Lei de Emergência Cultural “Aldir Blanc” será realizada neste sábado (11), às 14h. O evento será aberto para todos os interessados (confira link abaixo). Ele é organizado pelo Conselho Municipal de Política Cultural (CMPCCI), que conta com representantes da Prefeitura de Cachoeiro e da sociedade civil.

A última da série de três encontros on-line sobre a “Lei Aldir Blanc” terá como foco prestar esclarecimentos sobre como os espaços culturais de Cachoeiro poderão ser beneficiados com o auxílio.

Para isso, a webconferência contará com a participação de representantes da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult); do CMPCCI e dos convidados Antônio Vitor, diretor do Centro Cultural Elizário Rangel (Serra, ES); Carlos Ola, diretor teatral do Grupo Gota, Pó e Poeira (Guaçuí, ES), e Telma Amaral, produtora cultural do Grupo Rerigtiba (Anchieta, ES).

Um formulário on-line foi disponibilizado, de forma antecipada, para que os participantes encaminhem questionamentos a serem esclarecidos durante a webconferência.

A “Lei Aldir Blanc” foi sancionada, na semana passada pelo governo federal, que publicou, nesta quinta-feira (9), uma Medida Provisória (MP) de abertura de crédito extraordinário de R$ 3 bilhões. O valor, oriundo do Fundo Nacional da Cultura (FNC), será repassado a Estados, Municípios e Distrito Federal, para que possam socorrer o setor cultural durante a pandemia de Covid-19.

“Há uma grande variedade de organizações que se enquadram nos critérios da lei como espaços culturais. Por isso, é muito importante que os integrantes de coletivos artísticos e de outras instituições que atuam na área participem dessa webconferência”, convoca a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.

Censo Cultural 2020

A Semcult deu início, nesta semana, ao Censo Cultural 2020. Artistas, fazedores de cultura e organizações culturais (com ou sem registro civil oficial) devem se cadastrar até o dia 20, pelo site cachoeiro.es.gov.br/censocultural.

Quem não tiver acesso à internet pode fazer o cadastro, de forma presencial, na Casa dos Braga (rua 25 de Março, Centro). O atendimento ao público é realizado às segundas, quartas e sextas, das 13h às 18h; e às terças e quintas, das 8h às 13h. É preciso levar CPF, identidade, comprovante de residência, número da conta bancária, currículo, fotos e reportagens do trabalho artístico-cultural que desenvolve.

Além de servir como cadastro de potenciais beneficiários do auxílio da Lei “Aldir Blanc”, o Censo Cultural 2020 servirá como uma forma de a Semcult mapear o setor cultural de Cachoeiro como um todo. “Para quem pretende dar entrada no auxílio, o cadastro é imprescindível. Mas é muito importante, também, que mesmo quem não se enquadrar nos critérios da lei se cadastre”, explica Fernanda Martins.

3ª Webconferência Municipal de Emergência Cultural – Lei “Aldir Blanc”
Quando:
Sábado (11), às 14h
Onde: https://meet.google.com/pan-urwv-anf
Formulário de perguntas: https://forms.gle/6cj7cMKWgzfVfx6z5
Tema do 3º módulo: Espaços culturais: como ser beneficiado?
Convidados:
Valquíria Volpato – Gerente da Lei Rubem Braga de Cachoeiro
Amanda Malta – Presidente do Conselho de Política Cultural de Cachoeiro (CMPCCI)
Antônio Vitor – Fundador e diretor do Centro Cultural Eliziário Rangel (Serra, ES)
Carlos Ola – Diretor teatral do Grupo Gota, Pó e Poeira (Guaçuí, ES)
Telma Amaral – Produtora cultural do Grupo Rerigtiba (Anchieta, ES)