Teste para garantir mais segurança a pedestres é bem-sucedido

Simulação foi feita no acesso à rua Costa Pereira pela praça Jerônimo Monteiro, Centro

Técnicos da prefeitura de Cachoeiro avaliaram como muito positivo o teste de alteração no trânsito realizado nesta terça-feira (22), no acesso à rua Costa Pereira pela praça Jerônimo Monteiro, Centro. O objetivo foi experimentar a aplicação de medida prevista no Plano de Mobilidade Urbana do município que torna mais segura a travessia de pedestres no trecho, onde há registros de atropelamentos, inclusive, com vítima fatal.

Posta em prática no meio da manhã até o início da noite, a conversão para os veículos que acessam a Costa Pereira vindos da praça e também da ponte Carim Tanure foi deslocada em poucos metros, para a área em frente ao Banco do Brasil. Cones e fitas demarcaram a rota proposta, e os condutores foram orientados por agentes de trânsito.

De acordo com a equipe técnica responsável pelo teste, o traçado experimental induziu redução da velocidade dos veículos, garantindo aos pedestres condições mais favoráveis e seguras para a travessia na faixa que há no local, o que diminui riscos de acidentes.

A mudança proposta integra um projeto de ampliação da área de pedestres nessa região, em que seria incorporado à praça Jerônimo Monteiro o espaço que abrange o trecho de via na esquina da agência dos Correios até parte da área de estacionamento em frente ao Banco do Brasil. A criação desse espaço “humanizado” também favoreceria a acessibilidade e inclusão das pessoas com mobilidade reduzida.

“Vimos, na prática, que essa alteração é viável e, mais do que isso, necessária como medida em prol de um trânsito mais humanizado, em que o pedestre, elemento mais vulnerável nesse sistema, precisa ser protegido e favorecido. É o que está previsto no Código de Trânsito Brasileiro e o que os países mais avançados em termos de mobilidade urbana estão fazendo, com excelentes resultados”, frisa o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Jonei Petri.

O secretário também ressalta que a implementação do projeto não acarretaria perda de vagas de estacionamento na região central. “Com a implantação do novo estacionamento rotativo, haverá vagas em número suficiente para atender aos condutores”, afirma.

Além da Semdurb, acompanharam a intervenção servidores da Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito e da Agersa. Um relatório sobre o teste e a íntegra do projeto serão apresentados em audiência pública em data a ser definida. 

Bernardo Horta tem teste no dia 29

O trecho da rua Bernardo Horta próximo às Lojas Americanas é o próximo a receber testes de fluxo, no dia 29. Nesse caso, as mudanças propostas são mais voltadas ao transporte coletivo. A mesma rua conta há alguns anos com corredor prioritário para ônibus, próximo ao supermercado Casagrande.

A iniciativa ajudou a organizar o acesso aos pontos de parada. As vagas de estacionamento foram redistribuídas para dar espaço à nova faixa. De modo geral, os testes na região central visam melhorar a locomoção de pedestres e de veículos, com novos locais para conversão e travessia.