Transporte coletivo de Cachoeiro ganha linhas com ar-condicionado

O prefeito Carlos Casteglione assina nesta sexta (31) o decreto que regulamenta o serviço seletivo

Começam a circular em Cachoeiro de Itapemirim na próxima quarta-feira (5) os primeiros ônibus com ar-condicionado do transporte público do município. São três entre os 13 veículos zero quilômetro que integram o primeiro lote adquirido após o novo contrato de concessão do serviço.

O prefeito Carlos Casteglione assina nesta sexta-feira (31) o decreto que regulamenta o serviço seletivo, feito pelos ônibus refrigerados, atendendo a uma das principais reivindicações apresentadas pela população nas 14 audiências públicas do transporte municipal realizadas no ano passado.

A solenidade será às 16h, na praça Jerônimo Monteiro, onde os novos veículos, que têm padrão visual renovado, com imagens de cartões-postais do município, ficam expostos desta quinta (30) até sábado (1), para que os moradores possam conhecê-los, inclusive, por dentro.

Serão atendidas pelo serviço seletivo, inicialmente, as linhas BNH x Centro (com extensão, em alguns horários, até a FDCI e Faccaci); Rui Pinto Bandeira x Centro; Shangrilá via União e via Amarelo x Centro.

Além de equipados com ar-condicionado, os carros são maiores, mais confortáveis e terão tarifa diferenciada: R$ 3,40. Segundo a Agersa, agência municipal que regula o transporte, o valor é superior ao do convencional (R$2,60) porque o custo de operação é maior e o número de passageiros, menor. Ainda de acordo com a autarquia, por se tratar de um serviço diferenciado, usuários que contam com o benefício da gratuidade devem pagar a tarifa estabelecida para utilizar o serviço.

“A expectativa é que o novo serviço atue como uma importante ferramenta para a melhoria da mobilidade urbana do município, uma vez que se espera que o maior conforto proporcionado aos deslocamentos das pessoas acarrete numa diminuição da quantidade de utilização de veículos privados (automóveis, motocicletas e ciclomotores) – auxiliando na redução do conflito entre veículos e pedestres, principalmente na área central da cidade”, avalia o presidente da Agersa, Fernando Moura.

Renovação da frota

Os 13 novos ônibus materializam o plano de renovação da frota do transporte municipal estabelecido no novo contrato de concessão. Eles possuem as especificações e equipamentos sugeridos pela população durante as audiências públicas destinadas à construção do contrato, entre elas, motores menos poluentes, plataformas elevatórias (elevadores), câmeras de videomonitoramento, sensores que impedem a abertura de portas com o veículo em movimento e sistema de bilhetagem eletrônica.

Os carros convencionais recém-adquiridos vão operar, a partir de sábado (1), linhas que atendem os bairros Gilson Carone, Coramara, Valão, Vila Rica, Centro, Alto União, Gilberto Machado, BNH, Village da Luz e Ruy Pinto Bandeira e a localidade de Shangrilá.

Mais melhorias estão por vir

Outras ações referentes ao novo contrato de concessão do transporte coletivo de Cachoeiro estão em fase de implantação, como o serviço expresso – que operará rotas alternativas, com menos paradas e tarifa convencional – e o sistema para usuários monitorarem os ônibus a partir de celulares e outros dispositivos ligados à internet.