Tratamento gratuito para crianças com atraso de desenvolvimento neuropsicomotor

Para ter acesso ao serviço, é preciso entregar laudo de neuropediatra em uma unidade básica de saúde

Em Cachoeiro, crianças com atraso do desenvolvimento neuropsicomotor podem contar com acompanhamento especializado gratuito na sede local da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), no bairro São Geraldo. O serviço é fruto de convênio proposto pela prefeitura, que faz o encaminhamento dos pacientes por meio das unidades básicas de saúde (UBS). 

O atendimento interdisciplinar conta com fisioterapeuta, fonoaudiólogo, psicólogo e assistente social. Prioritariamente, é destinado a crianças de até 3 anos de idade com diagnóstico de retardo mental leve, moderado, grave ou profundo; autismo; síndromes de Rett e de Asperger; e paralisia cerebral, entre outros.

Ainda assim, também é garantido ao público infantil acima da faixa etária preferencial que apresente uma das disfunções que demandem esse tipo de tratamento.

Para ter acesso ao acompanhamento, explica a secretária municipal de Saúde, Luciara Botelho, os pais devem, primeiro, levar o filho ou filha a um neuropediatra (disponível no Centro Regional de Especialidades), que verificará a necessidade desse atendimento.

“Depois, basta ir à unidade básica de saúde mais próxima e agendar consulta com um clínico geral para entrega da prescrição do neuropediatra. A unidade, então, faz o encaminhamento para a Apae. A entidade agenda as sessões de acompanhamento de acordo com a necessidade de cada paciente”, esclarece.

As unidades de saúde de Cachoeiro funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h.