Estado e prefeitura

Reunião discute equipamentos do sistema de alerta para inundações em Cachoeiro

A meta é instalar novos instrumentos de medição em pontos estratégicos da bacia do rio Itapemirim
Foto: Márcia Leal/PMCI

Representantes das coordenadorias municipal e estadual da Defesa Civil e da Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh) se reuniram nesta quinta-feira (13), no Palácio Bernardino Monteiro. O objetivo foi detalhar os equipamentos necessários para o funcionamento do sistema de monitoramento e alerta para cheias e inundações em Cachoeiro, que deverão ser instalados em pontos estratégicos da bacia do rio Itapemirim.

O processo de aquisição dos equipamentos deverá ser definido entre prefeitura e governo estadual nas próximas semanas. Na reunião, o biólogo Luiz Henrique Muniz de Aquino, da Agerh, afirmou que a proposta é construir uma rede de monitoramento com pluviômetros e telemétricos, que ajudam a quantificar o volume de chuva nas áreas de risco, contribuindo, dessa forma, para antecipar cenários e ações de evacuação dos moradores, em caso de necessidade.

“Saímos da estaca zero e já temos o planejamento, já sabemos que precisamos instalar os equipamentos em cerca de sete locais diferentes. A ideia é que o cidadão consiga receber o alerta o mais rápido possível. O município já possui o mapeamento das áreas de risco, o que facilita a identificação das áreas prioritárias. Em seguida, faremos a visitação”, afirmou Luiz Henrique, completando que o Espírito Santo está se preparando mais para enfrentar ocasiões excepcionais, como a das enchentes de janeiro.

“Esse é um processo de construção conjunta entre Defesa Civil Municipal e Estadual, com objetivo de conseguir informações mais precisas para alertar a população em tempo hábil para situações de risco. O intuito é que Cachoeiro esteja cada vez mais preparado e seguro”, explicou o coordenador da Defesa Civil, Francisco Inacio Daroz.

Prevenção às chuvas de fevereiro

Além das melhorias no sistema de alerta para cheias e inundações, a prefeitura está realizando ações de prevenção às chuvas do mês de fevereiro. Entre as atividades estão monitoramento de encostas e áreas de risco e limpeza de bueiros, galerias de drenagem e córregos.

Últimas notícias