Portaria

Serviços de saúde são reorganizados para prevenção e enfrentamento do coronavírus

Por 30 dias, unidades básicas de saúde atenderão sem agendamento prévio
Foto: Marcia Leal/PMCI

A Prefeitura de Cachoeiro adotou medidas temporárias de reorganização dos serviços da rede pública municipal de saúde para fortalecer ações preventivas e de enfrentamento do novo coronavírus.

As mudanças valem pelos próximos 30 dias e foram estabelecidas a partir da portaria 462/2020, publicada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), nesta sexta-feira (20).

As unidades básicas de saúde atenderão demandas livres que surgirem, sem precisar de agendamento prévio. Por isso, todos os atendimentos eletivos (agendados previamente) foram suspensos.

As unidades deverão disponibilizar sala exclusiva para o acolhimento de pacientes com quadro gripal ou suspeito de coronavírus. Elas também intensificarão a higienização e as orientações sobre o uso correto e racional dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI).

Nos Pronto-atendimentos, cada paciente poderá ser acompanhado por apenas uma pessoa, preferencialmente, com idade inferior a 60 anos de idade.

Estão suspensos os atendimentos eletivos de odontologia, mas mantidos os atendimentos das urgências odontológicas (adulto e infantil).  Os atendimentos de fonoaudiologia e nutrição também foram suspensos, e os profissionais deverão atuar nas ações demandadas pela Semus. Dos atendimentos psicológicos, apenas os de emergência estão mantidos.

No Centro de Atenção Psicossocial – álcool e outras drogas (Caps-ad), estão suspensas as atividades coletivas. No Centro Municipal de Reabilitação Física (Cemurf), estão mantidos apenas atendimentos prioritários.

Os serviços da Vigilância Sanitária serão realizados em regime de plantão, devendo a fiscalização priorizar rodoviárias, creches, escolas, hotéis infantis, igrejas, funerárias, bares, restaurantes e outros espaços definidos pela Semus.

Ainda conforme a portaria, estão suspensos capacitações, treinamentos, cursos, grupos e oficinas educativas e eventos coletivos no âmbito da saúde, que impliquem em aglomeração de pessoas.

“São medidas sanitárias e administrativas necessárias para adequarmos nossos serviços à situação de emergência em saúde decorrente da pandemia do coronavírus, e que ajudarão a otimizar as ações de prevenção e enfrentamento adotadas pelo município”, afirma a secretária municipal de Saúde, Luciara Botelho.

A portaria completa pode ser conferida na edição desta sexta do Diário Oficial do Município, disponível no site da Prefeitura de Cachoeiro – www.cachoeiro.es.gov.br/diario.