Mais testes

Cachoeiro inicia busca ativa de casos de Covid-19

Trabalho é um complemento do inquérito sorológico realizado pelo governo estadual
Foto: Márcia Leal/PMCI

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Cachoeiro de Itapemirim iniciou, nesta terça-feira (19), um trabalho de busca ativa de pessoas que podem estar infectadas com o novo coronavírus. A ação é complementar ao inquérito sorológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), que visa uma estimativa do grau de propagação da infecção no Espírito Santo.

Até esta quarta-feira (20), equipes da Semus visitarão residências de pessoas hospitalizadas com suspeita ou confirmação de Covid-19, de modo a testar os familiares desses pacientes, indicar as medidas de isolamento social aos que testarem positivo e, assim, promover bloqueios à propagação da doença. Mais de 50 pessoas já foram testadas.

Na semana que vem, logo após a realização da segunda etapa do inquérito sorológico, a busca ativa será direcionada aos moradores do município que apresentam ou apresentaram sintomas gripais e que recebem acompanhamento da Semus.

“A pesquisa da Sesa e a chegada de mais testes nos permitem mapear, com mais precisão, a propagação do novo coronavírus em Cachoeiro, fortalecendo o processo de tomada de decisões relacionadas ao combate à Covid-19”, afirma a secretária municipal de Saúde, Luciara Botelho.

Inquérito sorológico

De acordo com a Semus, todos os 400 testes aplicados em Cachoeiro na primeira etapa do inquérito sorológico deram negativo. A pesquisa foi realizada de 13 a 15 de maio, com moradores de oito bairros.

“O resultado dessa primeira etapa é positivo, mas também inspira cautela: ao mesmo tempo em que sinaliza que a disseminação do vírus pode não ser grande, mostra que uma grande parcela da população ainda não adquiriu anticorpos contra o vírus. Portanto, é preciso reforçar que o melhor remédio, neste momento, é o distanciamento físico e que a população só deve sair de casa quando for, realmente, necessário”, destaca o prefeito Victor Coelho.