Novo Rotativo – Dúvidas Frequentes

Dúvidas Frequentes

O objetivo do novo serviço de estacionamento rotativo é democratizar o uso do espaço público, proporcionar o acesso das pessoas ao comércio e serviços, estimular o desenvolvimento e contribuir para a melhoria da mobilidade urbana nas regiões onde for implantado.

O novo rotativo será uma ferramenta de gestão da mobilidade urbana, que proporcionará que o espaço público seja democratizado em favor de toda a cidade, além disso:

  • o estacionamento rotativo público é necessário porque ajudará a melhorar o problema da falta de vagas de estacionamento, uma vez que aquele espaço que é público e que atualmente fica ocupado por um único veículo durante todo o dia permitirá que muitas outras pessoas possam utilizá-lo;
  • fortalecerá e gerará mais lucro ao comércio e serviços locais, uma vez que atualmente muitas pessoas deixam de consumir porque não existem locais para estacionarem os seus veículos. Assim, o novo rotativo ajudará o comerciante, porque proporcionará um fluxo maior de clientes para os estabelecimentos e também auxiliará o consumidor que não precisará mais perder tempo buscando uma vaga para poder estacionar ou até mesmo desistir da compra por falta de vagas. Além disso, aqui na nossa cidade é permitido ao comerciante e ao prestador de serviços comercializar os créditos de estacionamento, potencializando ainda mais os benefícios do rotativo em favor da atividade comercial ali desenvolvida;
  • trará mais conforto e economia de tempo e dinheiro para o motorista, que não precisará mais rodar com o seu veículo longas distâncias na busca de vagas de estacionamentos distantes do seu destino, uma vez que a rotatividade dos veículos nas vagas permitirá ao motorista sair da sua casa com mais tranquilidade por saber que conseguirá estacionar o seu veículo próximo do seu destino de forma ágil, tranquila e segura;
  • organizará a mobilidade, uma vez que proporcionará uma sensível redução do fluxo de veículos circulando na região a procura de vagas, reduzirá os conflitos e algumas irregularidades de trânsito decorrentes da falta de vagas de estacionamento;
  • é uma opção mais acessível aos estacionamentos privados que ainda representa um retorno à população em razão das melhorias que produzirá no trânsito da cidade.

O novo serviço de estacionamento rotativo público será implantado inicialmente em duas áreas da região central da nossa cidade. A Área Azul, região que apresenta uma maior concentração de comércio e ocupação urbana, com tempo máximo de permanência de 2 horas, e a Área Verde, situada no entorno da Área Azul, com tempo máximo de permanência de 4 horas numa mesma vaga.

Sim. O período de testes foi iniciado no dia 4 de novembro de 2019 e seguirá por 30 dias, a princípio. Apenas após esse prazo, que pode ser revisto, haverá cobrança.

O estabelecimento das duas áreas com tempos de rotação diferentes – Azul e Verde – foi motivado pela necessidade de melhor atender as necessidades da população, de acordo com a quantidade de comércios e serviços em cada região.

A Área Azul é aquela que apresenta uma maior concentração de comércio e ocupação urbana e que requer que o Poder Público disponibilize o maior acesso possível àquela região, por isso possui um tempo de permanência menor (com maior rotatividade de vagas) do que aquele estabelecido para a Área Verde, que se encontra situada no entorno da Área Azul e que possui um menor adensamento de comércios e serviços.

Valores a serem praticados durante o primeiro ano da concessão:

Carros – Área Azul
. 1 hora R$ 2,50
. 2 horas R$ 3,50

Carros – Área Verde
. 1 hora R$ 2,00
. 2 horas R$ 3,00
. 3 horas R$ 4,00
. 4 horas R$ 5,00

Motos – Área Azul
. 1 hora R$ 0,50
. 2 horas R$ 1,00

Motos – Área Verde
. 2 horas R$ 0,50
. 3 horas R$ 1,00
. 4 horas R$ 1,50

Serão inicialmente exploradas 2.186 vagas, sendo 775 vagas (475 autos e 300 motos) na Área Azul e 1.411 vagas (1.292 autos e 119 motos) na Área Verde. Os números acima indicam os quantitativos mínimos, uma vez que o quantitativo final das vagas somente será conhecido após a finalização da implantação do rotativo, em razão da necessidade de se promover adequações quando da demarcação na via pública.

  • Área Azul: 2h;
  • Área Verde: 4h.

De segunda a sexta-feira, das 8h as 18h. Aos sábados, das 8h as 12h.

O novo rotativo prevê uma multiplicidade de formas de pagamento a fim de proporcionar maior conforto e segurança ao usuário. É possível pagar em moeda e cartão de crédito e débito (inclusive usando os parquímetros), boleto bancário. Os créditos de estacionamento poderão ser adquiridos pela internet, inclusive através dos dispositivos móveis com a utilização do aplicativo próprio, nos parquímetros e nos pontos credenciados no comércio da cidade.

Basta buscar “Cachoeiro Digital” na loja de aplicativos do seu celular e baixá-lo gratuitamente.

O modelo utilizado para o novo estacionamento rotativo público de Cachoeiro de Itapemirim é um dos mais modernos atualmente existentes, inclusive no cenário global.

Trata-se de um modelo misto, que traz os benefícios da tecnologia à forma tradicional de se utilizar o estacionamento rotativo.

Desta forma, todas as pessoas, mesmo aquelas que não querem se beneficiar dos recursos trazidos pela tecnologia, naturalmente conseguirão usar o serviço da forma com que sempre fizeram.

Uma das bases do projeto é a de que fosse ofertada a população a maior possibilidade de meios de pagamento, a fim de proporcionar maior comodidade e segurança a quem precisar utilizar o serviço.

Sim, desde que sejam respeitados os limites máximos de permanência dos veículos que estão estabelecidos para cada área: Área Azul – até 2h e Área Verde – até 4h. Não podemos esquecer que o estacionamento é rotativo, por isso é necessário que as vagas sejam ocupados por veículos diferentes ao longo do período de funcionamento do serviço.

Assim, aquele que tiver contratado 1h para estacionar o seu veículo (carro ou moto) na Área Azul poderá renovar o tempo de permanência naquela mesma vaga por mais 1h. Agora, quem optar por contratar 2h de uma só vez para estacionar na Área Azul não poderá renovar o seu tempo de permanência porque já atingiu o tempo máximo para ocupar uma mesma vaga, devendo posicionar o seu veículo numa outra vaga disponível.

O mesmo se aplica em relação à Área Verde, que permitirá a um veículo permanecer estacionado numa mesma vaga por até 4h. Caso o usuário opte em contratar as 4h de uma única vez não será permitida a renovação porque o limite máximo estabelecido foi atingido. Caso o mesmo usuário opte por contratar apenas 1h ele poderá efetuar tantas renovações quanto possível até atender o máximo de 4h estabelecido para aquela região.

A possibilidade de utilização do tempo pago e não utilizado para estacionamento em outra vaga da mesma área contratada é mais um dos novos benefícios trazidos pelo novo rotativo.

Assim, a título de exemplo, caso o usuário tenha pago por 1h para estacionar na Área Azul e tenha efetivamente utilizado somente 30 min, poderá usar os outros 30 minutos não utilizados para estacionar noutra vaga da Área Azul, descontado aí o tempo para chegar até lá.

Usando o mesmo exemplo, supondo que o usuário gastou 5 minutos para estacionar na nova vaga, o usuário poderá usar os 25 min restantes (30 min não usados + 5 de deslocamento = 25 minutos de saldo).

Foi estabelecido um tempo de carência de 15 min. Deste modo, aqueles que utilizarem o rotativo dentro deste limite de tempo não precisarão pagar.

Estará sujeito às penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro, que prevê além de multa grave, a remoção do veículo.

Sim. Principalmente durante o processo de implantação do serviço, a concessionária disponibilizará monitores para auxiliar a população.

As vagas para automóveis são dotadas de sensores eletrônicos de ocupação e desocupação de vagas. Essas informações são disponibilizadas em tempo real para os monitores e para os usuários que optarem por usar o aplicativo. Assim que o veículo estaciona na vaga, o sensor acusa a ocupação e informa automaticamente o sistema. O usuário tem até 15 min para efetuar o pagamento, que poderá ser feito inclusive pelo seu dispositivo móvel. Quando efetuado o pagamento, automaticamente o sistema informa que o veículo encontra-se em situação regular.

As vagas preferenciais estão garantidas. São reservados 2% do total de vagas exclusivamente para pessoas com deficiência e 5% do total de vagas exclusivamente para idosos, porém, não sendo dispensado o pagamento da tarifa, conforme Resolução nº 303 e 304 de 2008 do Conselho nacional de Trânsito (Contran).

Antes do rotativo, as pessoas chegavam cedo para estacionar os seus veículos numa determinada vaga, deixando-o lá o dia inteiro. Com o rotativo, os veículos somente permanecerão estacionados numa vaga pelo tempo necessário. Assim, aquele espaço público que estava sendo usado em benefício de uma única pessoa poderá ser usado por todos de uma forma mais justa e democrática.

Por isso, estudos técnicos realizados por várias autoridades em trânsito e mobilidade indicam que uma vaga de estacionamento público é transformada em cinco vagas a partir da instituição do rotativo.

Sim. O valor correspondente a outorga do serviço de estacionamento rotativo será revertido para o Fundo Municipal de Saúde. Além disso, o valor do Imposto Sobre Serviços (ISS) arrecadado será revertido aos cofres municipais.

Através da realização de processo licitatório específico, Concorrência Pública nº 011/2018 Processo Administrativo nº 33.422/2018, no qual concorreram empresas de todo o Brasil e que indicou como vencedor o Consórcio Rotativo Cachoeiro Digital.

Sim. Tanto para quem mora em Cachoeiro, quanto para aqueles que residem noutros municípios, a forma de utilização do serviço é a mesma.