Coes

Coronavírus: criado Centro de Operações de Emergência em Saúde

Equipe multissetorial deverá fazer relatórios sobre a situação do município e coordenar medidas de emergência
Foto: Divulgação/PMCI

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Cachoeiro passou contar com o Sistema de Comando de Operações (SCO) e o Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes), para coordenar as ações de combate ao novo coronavírus no município. A portaria que regulamenta o Coes foi publicada, nesta segunda-feira (27), no Diário Oficial do Município.

O SCO abrange toda a articulação de medidas do Plano de Resposta às Emergências de Saúde Pública, elaborado pela Semus. Ele é coordenado pelo Coes, que é composto por gestores de diversos setores da área de saúde.

Entre as ações a serem organizadas pelo grupo, está a análise dos padrões de ocorrência de casos suspeitos de covid-19, monitorando e emitindo relatórios. O Coes também deverá indicar o grau de emergência, dentre três níveis: nível zero, quando o município possui os recursos necessários para o enfrentamento; nível de ativação I, quando o município necessita de recursos adicionais; e nível de ativação II, quando o risco é significativo, superando a capacidade do município.

O Coes se reunirá semanalmente. A primeira reunião do grupo ocorreu nesta segunda-feira, quando foi discutida a preparação para o Inquérito Sorológico em Cachoeiro, pesquisa que visa estabelecer uma projeção estatística da circulação do vírus da covid-19 na cidade.

“Nós já trabalhávamos com um gabinete de situação na Semus para avaliar as medidas de combate ao novo coronavírus. A instituição do SCO e do Coes, conforme preconizado pelo governo estadual a partir da criação do mapa de risco dos municípios, contribuirá para potencializar ainda mais esse trabalho”, afirma a secretária municipal de Saúde, Luciara Botelho.