Catadores de recicláveis de Cachoeiro recebem novos investimentos

Associação conta com suporte da prefeitura e outros parceiros para se fortalecer

A Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Cachoeiro de Itapemirim (Ascomirim) tem recebido uma série de investimentos para suas atividades. Os benefícios incluem novos materiais de trabalho, capacitação e melhorias no espaço de funcionamento.

Está em fase final a ampliação do galpão de trabalho da associação, que funciona no km 15 da rodovia Governador Lacerda de Aguiar, no bairro Coronel Borges. O novo espaço conta com aproximadamente 600 m², e os recursos da obra são oriundos de compensações ambientais de empresas multadas por irregularidades ambientais. O prédio da sede da associação também será reformado até o fim do ano.

“Queremos uma Ascomirim cada vez mais forte para ampliar o tratamento dos materiais recicláveis no nosso município, que é uma das nossas principais metas”, destacou o secretário municipal de Meio Ambiente, Mario Louzada, nesta segunda-feira (26), durante evento para entrega de novos equipamentos aos associados.

A associação recebeu duas mesas, seis cadeiras, dois ventiladores, um notebook e uma impressora, conjunto que chega a R$ 13 mil. Os objetos são frutos de uma emenda parlamentar do deputado federal Givaldo Vieira, e beneficiam outras 14 associações no Espírito Santo. “Foi identificada a nível estadual a necessidade de materiais de escritório para as associações”, justificou o deputado no evento, que também contou com a presença do prefeito Victor Coelho e outras autoridades municipais.

Os associados, que subiram de 9 para 14 neste ano, contam ainda com todo o suporte necessário por parte da prefeitura. Por meio de parcerias entre diversas secretarias municipais, como as de Meio Ambiente (Semma), Educação (Seme) e Desenvolvimento Social (Semdes), eles recebem cursos de capacitação profissional e cuidados de higiene e segurança no trabalho, bem como assistência social.

Na parte da logística de transporte de materiais recicláveis, dois caminhões são destinados às atividades. Um deles está sob a responsabilidade da Semma. O outro é empregado pela empresa responsável pela coleta de resíduos sólidos no município.

“A prefeitura tem dado muito apoio pra gente, estamos muito agradecidos. Temos a ideia de ampliar nosso trabalho para outras atividades, como a produção de sabão com óleo descartado”, comentou a presidente da Ascomirim, Josefa dos Santos Neves.

Mais pontos de entrega voluntária

Durante a cerimônia de entrega dos novos materiais, o secretário Mario Louzada anunciou, também, que o número de Pontos de Entrega de Volutária (PEVs) de materiais recicláveis no município será ampliado de 25 para 225 nos próximos meses. A ação faz parte do projeto Vem Reciclar, que fomenta a coleta seletiva em Cachoeiro.

“Estamos ampliando a coleta seletiva em Cachoeiro e melhorando as condições de trabalho da Ascomirim, para que possa fazer um trabalho cada vez melhor e aumentar a renda que os associados garantem com a comercialização dos materiais. Nesse processo, a população precisa fazer a sua parte, descartando os seus resíduos de forma adequada”, ressaltou o prefeito Victor Coelho.