Conscientização

Coleta dará destinação adequada para 10 toneladas de resíduos eletrônicos

Ação foi realizada como parte da programação da Semana do Meio Ambiente
Foto: Márcia Leal/PMCI

Em Cachoeiro, cerca de dez toneladas de eletrônicos e de 200 quilos pilhas e baterias usados serão descartadas de forma correta, graças à campanha de coleta “Reduza, Recicle e Reuse”, realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), na semana passada.

Parte da programação da Semana do Meio Ambiente, ação também foram recolheu mais de 270 litros de óleo de cozinha usado. O posto de coleta funcionou por quatro dias, no centro da cidade.

De acordo com a Semma, a destinação dos materiais recolhidos será realizada em parceria com empresas que atuam na área de reutilização e reaproveitamento.

“O descarte consciente de materiais como esses contribui muito para a conservação ambiental e a preservação de recursos naturais. Por isso, é muito importante a adesão das pessoas em ações como essa. Ficamos felizes pela quantidade de itens recolhidos e pela conscientização da população sobre o descarte correto”, expressa a secretária municipal de Meio Ambiente, Luana Fonseca.

Óleo de cozinha

Os litros de óleo coletados serão usados para fabricação de sabão caseiro. Caso fossem despejados na pia da cozinha, a substância chegaria a mananciais, como córregos e o rio Itapemirim, causando a contaminação da água. De acordo com estudos, um litro de óleo descartado incorretamente pode contaminar até 25 mil litros de água.

Já o despejo no solo provoca sua impermeabilização. O óleo não é dissolvido pela água, por isso, cria uma camada que bloqueia a absorção da chuva e pode contribuir com as enchentes. Os efeitos danosos também chegam à atmosfera, já que o óleo de cozinha, quando se decompõe, emite metano, um gás associado ao efeito estufa e ao aquecimento do planeta.

Pilhas e baterias

As pilhas e as baterias recolhidas terão seus elementos químicos reutilizados. Esses materiais são compostos por elementos bastante tóxicos, como chumbo, o mercúrio, o lítio, o zinco e o manganês, que podem causar danos irreversíveis à saúde humana e ao meio ambiente, contaminando o solo e lençóis freáticos, por exemplo.

Eletrônicos

Já os eletrônicos entregues na ação terão suas peças reaproveitadas e recicladas. Um aparelho eletrônico descartado em lugar inadequado permite que a natureza absorva os componentes, contribuindo para o desgaste dos recursos naturais.

Especialistas alertam que equipamentos compostos por vidros, metais e plástico, por exemplo, demoram muitos anos para se decompor. Além disso, eletrodomésticos têm substâncias químicas altamente danosas, como chumbo, mercúrio, berílio, cádmio, entre outros.