Comemorações pelo 13 de maio começam neste sábado (4) em Cachoeiro

Festa na comunidade de Vargem Alegre é realizada há mais de cem anos

A comunidade de Vargem Alegre, no distrito de São Vicente, estará em festa no fim de semana. Sábado (4), a partir das 19h, ela comemora a Abolição da Escravatura (13 de maio) com missa afro e apresentações de caxambu, além de oferecer feijoada para os grupos presentes e visitantes.

A festa é realizada pela comunidade há mais de 100 anos. Hoje, é organizada por Canuta Caetano, mestra do Caxambu Alegria de Viver, reconhecido como patrimônio da cultura nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Essa expressão popular afro-brasileira integra percussão de tambores, dança coletiva e elementos de espiritualidade. Originalmente, era praticada nas senzalas, mas, com a abolição da escravidão no Brasil, em 13 de maio de 1888, começou a ser realizada ao ar livre, sempre ao lado de uma fogueira, para afinar os tambores (caxambus) e iluminar e aquecer as noites.

“Minha vó veio do Rio, comprada para amamentar o filho de um fazendeiro. Meu avô nasceu na senzala e aprendeu a dançar escondido. Nós fazemos essa festa há mais de cem anos e é muito bonita. Todos os que quiserem podem chegar para conhecer e comer um prato de feijão com a gente”, convida Canuta Caetano, que é reconhecida como patrimônio vivo da cultura de Cachoeiro, por meio da Lei Mestre João Inácio.

Pela relevância na preservação dessa e de outras tradições que têm espaço no evento (que costuma ter a participação de grupos de cultura popular da região sul capixaba e até de outros estados), a prefeitura de Cachoeiro apoia a iniciativa, oferecendo palco, som, iluminação e ajudando no transporte dos grupos, por meio de uma ação conjunta entre secretarias municipais de Cultura e Turismo, Serviços Urbanos e Gestão de Transportes.

“As festas populares representam nossas raízes. São tradições preciosas e precisam ser preservadas. Entendemos essa importância e apoiamos as várias manifestações dessas tradições, riqueza de nosso povo”, afirma a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.

Mais festa no dia 13

As comemorações pelo Dia da Abolição da Escravidão não param por aí. Na data (13 de maio), a comunidade quilombola de Monte Alegre, no distrito de Pacotuba, celebra com feijoada e apresentações de caxambu, jongo, folia de reis e charola de São Sebastião. A programação, que também tem o apoio da prefeitura, começa às 18h. As atrações são gratuitas e abertas ao público.