Cidade Empreendedora

Ecossistema de Inovação foi tema de workshop em Cachoeiro

Encontro aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Educação
Foto: Divulgação/PMCI

Dando continuidade às ações do programa Cidade Empreendedora em Cachoeiro, a Prefeitura realizou, nesta segunda-feira (11), o I Workshop do Projeto de Estruturação do Ecossistema Local de Inovação (ELI).

Promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec) e pelo Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia (CMCT), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-ES), o encontro teve como objetivo analisar a área de inovação de Cachoeiro, para o planejamento de ações que promovam melhorias no ambiente de negócios e aceleração do desenvolvimento econômico.

No auditório da Secretaria Municipal de Educação (Seme), no bairro Independência, representantes do poder público e entidades públicas e privadas traçaram um diagnóstico das vertentes e atores que compõem o ecossistema de inovação local.

“A partir desse mapeamento, vamos elaborar, de forma coletiva, as propostas para fortalecimento desse ecossistema de inovação, elemento indispensável para acelerarmos as mudanças que precisam ser feitas para alcançarmos um ambiente cada vez mais favorável ao empreendedorismo em Cachoeiro”, explica o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Cachoeiro, Francisco Montovanelli.

De acordo com o secretário, a realização de workshops faz parte das ações do eixo “Poder Público como Indutor da Inovação”, do programa Cidade Empreendedora.

“Estamos conduzindo as atividades desse eixo no âmbito do Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia, como forma de ampliar a participação social no programa e, especialmente, na estruturação de um ecossistema de inovação que ajude a impulsionar, efetivamente, o desenvolvimento econômico do município”, frisa Montovanelli.

Programa Cidade Empreendedora

Por meio do programa Cidade Empreendedora, Cachoeiro está trabalhando em um conjunto de medidas concretas para melhorar o ambiente de negócios no município. Isso inclui redução da burocracia para os empreendedores e disponibilização de incentivos ao empreendedorismo, à inovação e à geração de emprego e renda. Para isso, o município conta com o apoio do Sebrae-ES e da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes).