Patrimônio histórico

Edital para revitalização do Museu Ferroviário é lançado

Imóvel de 116 anos já havia recebido reparos no início de 2019
Foto: Divulgação/PMCI

A Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim lançou um edital de licitação para contratar empresa para obra de revitalização do prédio centenário do Museu Ferroviário Domingos Lage, onde funcionou a antiga estação ferroviária, e que compõe o patrimônio histórico do município. A sessão de concorrência pública será realizada no dia 7 de fevereiro, às 10h, na Sala de Licitações da Coordenadoria Executiva de Compras Governamentais.

O objetivo da restauração é valorizar o monumento, que já foi palco de importantes eventos socioculturais e que, atualmente, recebe turistas, moradores e alunos de diversas entidades de ensino no museu, que possui um rico acervo histórico da cidade. Além disso, o espaço recebe atividades culturais, regularmente, como exposições de artes, tornando-se mais um atrativo de cultura e entretenimento para o município.

Em março de 2019, o imóvel de 116 anos ganhou repintura nas partes interna e externa e outros reparos para abertura do Centro de Informação ao Turista (CIT), localizado no espaço. Agora, o trabalho de restauração deverá ser mais abrangente.

O edital especifica os tipos de serviços que deverão ser desenvolvidos durante a reforma. Dentre eles estão: reforma da cobertura, com substituição da estrutura atual por uma nova; restauração dos banheiros e reconstrução da calçada; e pintura nas áreas interna e externa. A revitalização também deverá contemplar intervenções para melhoria da acessibilidade para pessoas com deficiência, como instalação de plataforma elevatória e construção de banheiro adaptado.

Os interessados em participar do certame podem acessar o edital e demais anexos na página de licitações do portal da prefeitura (www.cachoeiro.es.gov.br/licitacao), ou comparecer à Sala de Licitações (Centro Administrativo Hélio Carlos Manhães, rua Brahim Antônio Seder, Centro), entre segunda e sexta-feira, das 9h às 18h, com pendrive, para obter a cópia digitalizada.

“O Museu Ferroviário é o ponto central dos equipamentos históricos culturais do centro da cidade. A construção tem papel fundamental na história do desenvolvimento de nosso município, e precisa ser restaurado e preservado. Estamos focando nesta preservação de nossa memória. Esse será o terceiro centro cultural entregue reformado para a população nesta gestão”, afirma a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.