Escola Zilma Coelho Pinto tem 65% das obras de melhorias concluídas

A previsão para o término dos trabalhos é de 90 dias

Em Cachoeiro de Itapemirim, a escola municipal Zilma Coelho Pinto, que recebe melhorias em estrutura, segurança e acessibilidade, tem 65% das obras concluídas.

Na unidade de ensino, que fica no bairro Ferroviários, já foi finalizada em seu entorno a construção de calçada cidadã. Em sua área interna, avançam os serviços de instalação do sistema de proteção contra descargas atmosféricas e incêndio. Depois, o prédio será repintado. A previsão para o término dos trabalhos é de 90 dias.

“As obras estão ficando excelentes. São melhorias pelas quais esperávamos há muito tempo”, destaca a gestora da Zilma Coelho Pinto, Alessandra Amistha, ao reforçar que essas intervenções beneficiam toda a comunidade escolar.

Além dessa unidade de ensino, outras 15 unidades estão inseridas nesse pacote de obras, iniciado entre dezembro de 2018 e janeiro deste ano, que inclui instalações de sistemas mais modernos de proteção contra descargas atmosféricas e incêndio, adequações nos prédios para ampliar a acessibilidade e pintura geral.

Athayr Cagnin (Nossa Senhora de Fátima), Carim Tanure (Bela Vista), Anísio Ramos (Vila Rica), Prof.ª Juracy Cruz (São Luiz Gonzaga), Maria Stael de Medeiros Teixeira (Village da Luz), Prof.ª Maria do Carmo Magalhães (Nossa Senhora de Aparecida), Prof. Valdy Freitas (Paraíso), Sebastião da Rosa Machado (Soturno), Gércia Ferreira Guimarães (Fé e Raça), Áurea Bispo Depes (Vila Rica), Maria das Victórias Oliveiras Andrade (Jardim Itapemirim), Prof.ª Thereza Valiati Sartório (Monte Cristo), Reverendo Jader Gomes Coelho (IBC), Anacleto Ramos e Ciae Newton Braga (ambas localizadas no Ferroviários) são as demais escolas contempladas.

“Cada vez mais, a prefeitura vem investindo na manutenção estrutural das escolas municipais, com o objetivo de tornar esses espaços de aprendizagem ainda mais seguros e confortáveis. Nosso foco é proporcionar ambientes que satisfaçam, da melhor maneira, as necessidades de toda a comunidade escolar”, frisa a secretária de Educação de Cachoeiro, Cristina Lens.