Maria da Conceição Castelar

Festa de Cachoeiro: Cachoeirense Ausente Nº1 de 2022 é recepcionada com homenagens

Empresária recebeu a chave da cidade durante solenidade no Centro Operário
Foto: Divulgação/PMCI

Foram realizadas, na tarde desta quinta-feira (23), as homenagens à Cachoeirense Ausente Nº 1 de 2022, Maria da Conceição Castelar de Souza, marcando o início da programação da Festa de Cachoeiro.

No município, a homenageada constituiu família e fundou, ao lado de seu marido, uma das maiores redes calçadistas do Brasil, com mais de 130 lojas na região Sudeste. Atualmente, ela e sua família residem em Vitória.

Maria da Conceição foi recepcionada no trevo da Itapemirim por amigos, familiares e autoridades, momento embalado por uma apresentação da banda 26 de Julho.

Após a recepção, todos seguiram, em carreata, até o Centro Operário e de Proteção Mútua, na rua 25 de Março, onde foi realizada a solenidade de entrega da chave da cidade à homenageada. Emocionada, a Cachoeirense Ausente de 2022 destacou a ligação entre ela e Cachoeiro.

“Me faltam palavras para descrever esse momento mágico. Eu e meu companheiro acolhemos Cachoeiro como o berço de um sonho: a fundação de nossa empresa e a formação de nossa família. Agradeço aos meus amigos incomparáveis que fizeram este momento acontecer, e a todo o povo cachoeirense que, há anos, prestigia nossa empresa, pois, sem ele, não teríamos chegado até aqui”, disse.

Também presente na cerimônia, o advogado Wilson Márcio Depes, Cachoeirense Presente Nº 1 de 2022, escolhido pela Câmara Municipal, exaltou o município como um lugar único, repleto de grandes nomes.

“A Festa de Cachoeiro é um evento maravilhoso, que nunca deve ser esquecido. Newton Braga criou a data, pois sabia que nosso município é único, com uma história singular. Quero agradecer muitíssimo por essa homenagem, pois ela significa muito pra mim. Hoje eu senti o verdadeiro significado da palavra ‘emoção’”, afirmou.

“Estamos aqui, com nossos homenageados, em um momento muito especial. A Festa de Cachoeiro tem um significado muito importante para quem aqui reside, porque alimenta, em todos nós, o orgulho de pertencer a esta terra. Cuidar de nossa cidade significa olhar para o futuro e reverenciar o passado, relembrando os ilustres cachoeirenses que pavimentaram trajetórias brilhantes e contribuíram para que Cachoeiro se tornasse uma cidade tão especial”, destacou o prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho.

Homenagem a José Paineiras

Organizada pelo Centro Operário, a solenidade também foi marcada por uma homenagem do Instituto Histórico e Geográfico de Cachoeiro de Itapemirim (IHGCI) ao professor, jornalista, ativista e advogado José Paineiras, falecido em 2020.

Paineiras foi diretor do Centro Operário e de Proteção Mútua, coordenador da União Cachoeirense de Negros (Uninegros), membro do Instituto Histórico e Geográfico de Cachoeiro de Itapemirim e membro Benemérito da Academia Cachoeirense de Letras (ACL).

Em 2020, foi homenageado como o Cachoeirense Presente nº 1. Anteriormente, ele também já havia recebido as Comendas Rubem Braga e Zumbi dos Palmares.

Na ocasião, foi apresentado um resumo da biografia e exibido um vídeo com declarações do professor. Sua esposa, Edith Paineiras, esteve presente e recebeu flores após às homenagens.

Programação da Festa de Cachoeiro 

A Festa de Cachoeiro continua nesta sexta-feira com apresentações musicais na Praça de Fátima e as tradicionais homenagens.

A programação completa, que vai até 29 de junho, dia de São Pedro, padroeiro da cidade, pode ser conferida no site www.cachoeiro.es.gov.br/festadecachoeiro2022.