Mais de 130 no total

Mais 34 projetos culturais contemplados em edital da Lei Aldir Blanc

Prefeitura já iniciou pagamento de auxílio emergencial a espaços de Cachoeiro
Foto: Divulgação/PMCI

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult) divulgou, nesta quinta-feira (10), uma lista com mais 34 propostas de atividades culturais selecionados em edital da Lei Aldir Blanc em Cachoeiro. Com isso, mais de 130 projetos serão contemplados.

A seleção de propostas adicionais, cuja lista pode ser conferida no Diário Oficial do Município, foi possibilitada pela disponibilidade recursos referentes à Lei Aldir Blanc. Além do edital, 85 coletivos artísticos e organizações culturais formalmente constituídas de Cachoeiro tiveram suas solicitações de auxílio emergencial aprovadas.

Lançado em novembro pela Semcult, o edital teve como objetivo selecionar atividades a serem realizadas via internet ou em formato semipresencial, como alternativa de continuidade à difusão cultural em meio às medidas implementadas para o combate à Covid-19.

Os valores para cada proposta variam de R$ 1,9 mil a R$ 9,5 mil. Os recursos são da Lei Aldir Blanc, mecanismo instituído para oferecer auxílio emergencial aos fazedores de cultura do Brasil durante a pandemia.

As atividades contempladas incluem oficinas, lives e apresentações em áreas como artes cênicas, artes visuais, música, literatura e cultura popular. Os proponentes terão 60 dias para executar as ações, a contar da data de pagamento dos recursos pela prefeitura – o que está previsto para ocorrer neste mês de dezembro.

A avaliação das propostas ficou a cargo da Comissão Municipal de Incentivo à Cultura (CMIC), formada por servidores municipais e representantes da sociedade civil, que levou em conta os critérios preestabelecidos no edital.

Pagamento iniciado

A Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim iniciou o pagamento dos recursos da Lei Aldir Blanc. A liberação da verba segue conforme a ordem de aprovação dos espaços culturais (primeiro e segundo lotes). Para os espaços contemplados, o valor pode chegar a até três parcelas de R$ 10 mil.

“Esses recursos são muito importantes para os nossos artistas, que sofrem bastante com a paralisação dos eventos presenciais. Todo o processo da Lei Aldir Banc em Cachoeiro teve a importante participação do Conselho Municipal de Política Cultural”, afirma o secretário municipal de Cultura e Turismo em exercício, Lucimar Costa.