Sem 156

Ouvidoria tem mudança temporária de telefone e horário de atendimento

Manifestações também podem ser feitas por meio do Portal do Cidadão, com acesso pelo site da prefeitura
Foto: Montagem/PMCI

A Ouvidoria Geral de Cachoeiro de Itapemirim está atendendo com outro número de telefone durante a situação de emergência provocada pelo novo coronavírus: (28) 98814-3357. O horário de atendimento, para ligações, é de 10h às 16h, e por WhatsApp, das 8h às 20h – em ambos os casos, todos os dias da semana. O telefone 156 encontra-se indisponível.

A medida visa preservar tanto os servidores do órgão, que trabalham em regime home office, quanto a população que opta pelo atendimento presencial (indisponível), tendo em vista as ações de isolamento sanitário implementadas para evitar a propagação da doença.

Além do telefone celular, a Ouvidoria Geral continua atendendo por meio do Portal do Cidadão – www.cachoeiro.es.gov.br/ouvidoriageral -, no qual a população pode realizar, a qualquer hora, suas manifestações a respeito de solicitação de serviços públicos, reclamações, denúncias, elogios, sugestões e pedidos de informação, dentre outras funcionalidades.

Nos casos relacionados ao novo coronavírus, é indicado que a população procure atendimento, diretamente, com a Ouvidoria Geral do SUS, que também possui página no portal da Prefeitura de Cachoeiro e dois números de telefone: 0800 081 1696 (ligações locais) e (28) 3521-1696 (demais localidades).

“Continuamos atendendo às demandas rotineiras da população relacionadas à administração municipal. É importante, neste momento, que a população dê prioridade aos nossos canais on-line, pois contribui para que não haja uma sobrecarga no atendimento por telefone”, orienta a ouvidora geral de Cachoeiro, Thaynná Silveira.

Denúncias de estabelecimentos irregulares

Para denúncias de funcionamento irregular de estabelecimentos, a população pode, além utilizar de os canais da Ouvidoria, fazer denúncias pelo telefone 190, que aciona, diretamente, as forças de segurança do município.

Por conta da estratégia de isolamento sanitário para conter a propagação do novo coronavírus, a Prefeitura de Cachoeiro determinou, por decreto, a suspensão de todas as atividades de comércio e serviços no município (exceto os considerados essenciais). Quem descumprir a determinação está sujeito a perder o alvará de funcionamento.

“É imprescindível, neste momento, que a população faça a sua parte permanecendo em casa. Quanto mais vigilantes estivermos neste momento, mais cedo conseguiremos sair desta difícil situação de saúde pública”, acrescenta o prefeito Victor Coelho.