Ajuda

Projeto Vidda oferece apoio a servidores com dependência química

Lançado em 2017, o projeto já atendeu mais de 700 servidores
Foto: Márcia Leal/PMCI

“Quando percebi que o consumo de álcool estava começando a me fazer mal, eu precisei de ajuda e a encontrei através desse projeto. Eu tive mais força para lutar contra minha condição”. O depoimento é de um servidor da Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim, participante do Projeto Vidda, vinculado à Secretaria Municipal de Governo (Semgov).

Lançado em 2017, o projeto já atendeu mais de 700 servidores de diversas secretarias municipais, cuja assistência também é estendida às famílias dos acompanhados. O objetivo é fornecer apoio ambulatorial e psicossocial ao servidor público que luta contra a dependência química.

Caso o servidor esteja numa situação crítica em decorrência do vício, ele recebe auxílio por meio da Comunidade Terapêutica Reviver, localizada em Mimoso do Sul, que apoia o projeto. Desde o início das ações do Projeto Vidda, cerca de nove servidores foram internados, dos quais, cinco foram ressocializados e retornaram para suas atividades.

O Projeto Vidda propõe etapas de tratamento que visam identificar servidores, dentro das secretarias, que necessitam de ajuda, por meio de ações diretas, promovendo estratégias que motivem os acompanhados a buscar mudança.

Além disso, o projeto fomenta a interdisciplinaridade e a parceria com profissionais da saúde, que auxiliam no tratamento do servidor, além de incentivar a interação e o apoio familiar na recuperação do acompanhado.

“Este projeto conta com uma equipe multidisciplinar, em que participam psicólogo, conselheiros terapêuticos, assistente social, médico e técnico em segurança do trabalho. Os resultados desse trabalho são gratificantes, pois procuramos atender com o propósito de ajudar aqueles que precisam”, salienta o coordenador do Projeto Vidda, Ivan Moreira.

Para participar do projeto, é preciso que o trabalhador público interessado se apresente de forma voluntária. Para isso, basta entrar em contato por meio dos telefones: (28) 99903-3580 e (28) 99927-5241.