Seminário orienta produtores e comerciantes sobre rastreabilidade de vegetais

Objetivo é instruir participantes para cumprimento da legislação sobre o tema

A rastreabilidade de verduras, legumes e frutas, obrigatória no Espírito Santo, é tema de um seminário em Cachoeiro, nesta quarta-feira (29). O evento será às 9h, no auditório do Centro de Referência, Pesquisa e Capacitação do Professor de Educação Básica “Dr. Dirceu Cardoso” (Cecapeb), em Morro Grande.

Organizada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Interior (Semai), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-ES), a atividade é gratuita e voltada a produtores rurais, responsáveis por estabelecimentos que comercializam frutas e hortaliças e público interessado no tema. Não é necessário fazer inscrição.

Os participantes terão acesso a orientações gerais sobre a rastreabilidade, estabelecida por portaria estadual que, desde 2018, exige que os produtores hortifrutigranjeiros capixabas sigam regras de armazenamento adequado dos produtos, tenham etiquetas de identificação e registro de vendas, emitam nota fiscal e guardem registros agronômicos e notas fiscais de agrotóxicos utilizados nas plantações.

Com isso, o consumidor capixaba pode ter acesso a informações sobre as etapas de produção, transporte, armazenamento e comercialização dos hortifrutigranjeiros, contribuindo, assim, para a segurança alimentar e o controle de qualidade dos produtos.

“A rastreabilidade dos produtos hortifrutigranjeiros é uma ferramenta importante para o consumidor e para os órgãos de fiscalização e controle, visto que fornece informações sobre a propriedade de origem do produto. É fundamental que produtores e comerciantes se empenhem no cumprimento dessas regras. Estamos promovendo esse seminário como forma de colaborar com eles, nesse sentido”, ressalta o secretário municipal de Agricultura e Interior, Robertson Valladão.